sexta-feira, 14 de junho de 2013

RACLETE: o parente mais bacana do fondue


Pra quem não conhece, a história da Raclete é bem parecida com a do Fondue: Originalmente é um tipo de queijo, mas da forma como foi sendo utilizado acabou virando nome do modo de preparo e do utensílio. 
Só que no caso da Raclete, esse queijo é derretido e também gratinado em uma espécie de “pá”, através de uma resistência elétrica. 
Além de proporcionar um queijo derretido por baixo e gratinado e até crocante por cima, muitas delas ainda permitem preparar outros alimentos na parte superior da resistência, em uma chapa. Isso é o mais bacana da Raclete em relação ao Fondue. Da mesma forma que esse, cada um cuida do seu, o que é bem interessante e democrático.






Resistência com aproveitamento do calor em cima e embaixo.




Como o queijo tipo raclete é mais difícil de se encontrar e também mais caro, recomenda-se utilizar um gruyere, gouda, emmental e - por que não? - um canastra meia cura.
No caso da carne, a dica é utilizar um corte macio e cortado em bifinhos finos, para que fiquem prontos logo (o calor da resistência é menos do que o do fogão)
Utilizamos dessa vez o queijo gruyere, contra filé, cogumelo fresco, pimentão amarelo, cebola roxa e abobrinha.



Pedaços de carne com e sem gordura




Basta colocar o queijo na “pazinha” e esperar o calor da resistência gratiná-lo. Enquanto isso, os legumes, carnes, embutidos, etc, vão grelhando na chapa, que praticamente não dá fumaça.


Esse queijo em cima do prato foi assado ao máximo, pra ficar
como uma torrada mesmo, mas não precisa ficar assim se não
quiser.




Não esqueça de montar a mesa já com os ingredientes todos cortados, uma baguete de pão pra comer junto, além de temperos e molhos, como sal, pimenta do reino, azeite, mostarda, etc.






E lembre-se: "quem come raclate repete!" 
Abaixo a ditadura do fondue! 
Bão apetit!


Um comentário:

  1. LINDO ISSO! tava perguntando sobre uma coisa assim pra ale outro dia, quando faziamos um file com fritas, tipo ter uma chapa na mesa. eu quero!

    ResponderExcluir