sábado, 2 de fevereiro de 2013

PASTEL DE MILHO DO SUL DE MINAS


O PASTEL DE MILHO DO SUL DE MINAS é uma receita típica da região, cuja massa é feita com a farinha de milho flocada e posteriormente recheada - geralmente com carne moída ou queijo - antes de ser frita em óleo quente.

De acordo com uma das lendas, a história do pastel começou em 1819, quando 80 famílias deixaram Soledade (hoje Delfim Moreira), acompanhadas do padre Lourenço da Costa Moreira para fundar a vila que daria origem à Itajubá. A expedição saiu em busca de novas áreas para plantio e pecuária, um lugar onde o relevo fosse menos acidentado e houvesse facilidade de ocupação e exploração às margens do rio Sapucaí.

Durante a expedição, os alimentos foram se tornando escassos e, com as longas caminhadas, restou farinha de milho e polvilho como alimento. No interior da massa modelada em forma de um bolinho eles rechearam com carne de caça e fritaram com gordura de capivara. O alimento criado foi considerado saboroso e, quando já estabelecidos em Itajubá, a receita foi novamente preparada pelos exploradores para lembrarem da viagem e divulgada entre os novos habitantes da vila que se erguia. (fonte: Jornal Sul de Minas)
  
Inclusive, felizmente ele já foi registrado como patrimônio cultural do Município de Itajubá, através do decreto nº 4.283/10, visando sua preservação, divulgação e valorização. Bela iniciativa.

Importante lembrar que, apesar da semelhança, o Pastel de Milho é diferente do Pastel de Angu, muito consumido na região central do estado, cuja origem é atribuída às cidades de Itabirito e Conceição do Mato Dentro. Como o nome já diz, a massa desse pastel é feita através do angu e não da farinha de milho como no sul de minas.

Pastel de Milho do Sul de Minas


Ingredientes:

500g de farinha de milho 
½  xícara de polvilho azedo
500ml de água quente para escaldar (a quantidade necessária para formar a massa)
1 ovo caipira
2 colheres de óleo
1 pitada de sal
Óleo para fritar

Recheio 

O tradicional pastel de milho do sul de minas é recheado com carne moída ou queijo, mas você pode colocar o que preferir. No vídeo que mostra ele sendo enrolado, o recheio foi de pato caipira.

Usamos a farinha de milho flocada de Piranguinho/MG.

Modo de preparo:

Em uma vasilha coloque os ingredientes secos: a farinha de milho, o polvilho e o sal. Misture bem.


Coloque a água fervente aos poucos e mexa com uma colher, faça isso até que a massa comece a amolecer.

Espere esfriar um pouco, coloque o ovo e vá misturando com a mão. Continue colocando água (que deve estar em uma temperatura mais baixa para você conseguir trabalhar) e sove a massa, até que ela fique lisinha e não muito mole.


O ponto ideal da massa
Dica preciosa da Bel: para saber se a massa está no ponto, pegue um pedacinho dela, estique e dobre ao meio. Se ela não quebrar, é sinal que já está boa. Caso ela quebre, é necessário mais um pouco de água para sovar mais.

video

Depois da massa pronta, separe um bolinho e vá abrindo cuidadosamente na mão de forma a acomodar o recheio.

video

Leve os pasteis para fritar em óleo quente.

video


Bel - nossa cozinheira de mão cheia - e seus pastéis 


Para acompanhar, uma cerveja gelada e, por favor, NÃO ESQUEÇA DA PIMENTA!

Bão apetit!